Ao longo das últimas semanas detalhamos a realidade vivida nas cidades mais pobres do Brasil. A concentração da pobreza está no nordeste brasileiro, onde oito, das dez cidades mais pobres, estão.  Só que a jornada do projeto “Além do meu Umbigo” vai muito além de querer relatar uma pobreza que tanto foi retratar na última década.

O nordestino é considerado o povo mais feliz do Brasil. Em uma pesquisa realizada pelo IPEA, no ano de 2012, traçou o perfil de felicidade em todas as regiões do país e o nordeste levou o título de mais feliz.

A relação com a felicidade não está ligada a dinheiro, segundo a pesquisa, mas sim a forma de encarar e viver a vida. Segundo a pesquisa, o povo nordestino vive melhor, se relaciona melhor, mesmo tendo tantas condições adversas no seu dia a dia.

Esse dado, essa informação é muito valiosa para o trabalho de campo que o jornalista Pedro Rodrigues Neto , idealizador do projeto Além do Umbigo , irá fazer. “É um conceito que trará muito, mas muito valor ao documentário, a experiência, a vivência do projeto”, explicou o jornalista que parte em viagem no dia 14 de outubro.