Essa é a Iandra, de 11 anos, estudante do sexto ano. Ela mora com a família na comunidade Sítio de Quizanga, distante a 9km da Comunidade de Baixas. Iandra veio até a comunidade de  Baixas, que fica no sertão do Moxotó, em Pernambuco, onde estou produzindo um documentário,  para ir na Igreja e participar da Escolinha do projeto pedagógico da ONG PÃO É VIDA, que trabalha temas como cidadania, cuidados com a saúde e temáticas cristãs, no formato de escolinha dominical.

Hoje, Iandra acertou as respostas sobre as vitaminas encontradas nos alimentos. Como prêmio ganhou um pé de alface que levou para o almoço com a família.

Inteligente, a menina me contou que gosta muito de estudar e que será médica no futuro. “Quero ser doutora”, sorriu. Com seu amigo, o Rabudo, o jeguinho de estimação, que a acompanha nas caminhadas pela caatinga, ela me contou que nas horas de folga ajuda a família. “Meu jeguinho ajuda a buscar água, me leva pra Igreja, para todo lugar”, disse.

Na comunidade de Iandra a água do poço não está boa para consumo, disse ela. “Não é boa não, daí precisa ir buscar. O poço é longe, mas a gente vai”, completou. Com o Sol das dez da manhã já forte, ela se despediu montando em rabudo e seguindo feliz com o prêmio pelo bom desempenho na aula de hoje. No almoço de domingo vai ter alface fresca.